Opel Vectra A

desde 1988-1995 lançamento

Reparo e operação do carro



Opel And de Vektr
+1. Instrução de manutenção
+ 1.1 Manutenção
+2. Motor
+3. Reparo de motores DOHC
+4. Reparo do motor diesel
+5. Esfriamento de sistema
+6. Sistema de combustível
+7. O combustível e sistema de escape de modelos com sistema de injeção de combustível
+8. Sistema de escape e sistema de redução em toxicidade de gases de escape
+9. Sistemas de combustível do motor diesel
+10. Sistemas elétricos de motor
+11. Transmissão
+12. Transmissão mecânica
+13. Câmbio automático
+ 14. Cabos de poder
- 15. Sistema de freios
   15.2. Informação geral
   15.3. Antibloqueio de sistema de freios (ABS)
   15.4. Extração por meio de bomba do sistema de freios hidráulico
   +15.5. Substituição de sapatos de freio dianteiros
   15.6. Substituição de sapatos de freio traseiros em freios de disco
   +15.7. Substituição de sapatos de freio traseiros em freios de tambor
   15.8. Substituição de sapatos de freio do freio de emergência em freios de disco traseiros
   15.9. Suporte de um freio avançado
   15:10. Suporte de um freio de disco traseiro
   15:11. Disco de freio
   15:12. Expeça o disco de freio
   15:13. Um disco de freio traseiro em modelos com motores SOHC
   15:14. Um disco de freio traseiro em modelos com motores DOHC
   15:15. Tambor de freio
   15:16. Cilindro de freio para trás de trabalho
   15:17. Conselho de freio de um freio traseiro
   15:18. Cobertura de proteção de um disco de freio avançado
   15:19. Cilindro de freio principal
   15:20. Reparo do cilindro de freio principal (modelo sem ABS)
   15:21. Ampliador de vácuo de freios
   15:22. Modulador ABS hidráulico
   15:23. Os sensores ABS instalam-se em rodas
   15:24. Unidade de controle de ABS
   15:25. Revezamento de ABS (só sistema de ABS-2E)
   15:26. Válvulas de ajuste de pressão
   15:27. Oleodutos de freio e mangueiras
   15:28. Ajuste do freio de emergência
   +15:29. Fio do freio de emergência
   15:30. Alavanca do freio de emergência
   15:31. Pedal de freio
+16. Suporte de forma triangular de interrupção
+17. Corpo
+18. Equipamento elétrico
+19. Cheque de maus funcionamentos




7962b456

SISTEMA DE FREIOS

15. Sistema de freios

15.1. Característica técnica

Tipo de sistema
Modelos sem ABS:
– l os modelos 1,4, 1,6 e 1,8

Expeça o disco de freios e o tambor traseiro, com o ampliador de vácuo, com o passeio hidráulico e a divisão diagonal de contornos e o regulador da pressão sobre rodas traseiras. O passeio do freio de emergência em rodas traseiras
– modelos de 2,0 l
Para a frente e disco de freios traseiro, com o ampliador de vácuo, com o passeio hidráulico e divisão diagonal de contornos e o regulador de pressão sobre rodas traseiras. O passeio do freio de emergência em rodas traseiras
Todos os modelos com antibloqueio de sistema de freios (ABS)
Para a frente e disco de freios traseiro, com o ampliador de vácuo, com o passeio o modulador hidráulico com avançado e contornos traseiros e o regulador de pressão em um contorno traseiro. O passeio do freio de emergência em rodas traseiras

Expeça discos de freio

Tipo:
– 1,4, 1,6 e 1,8 l
Contínuo ou ventilado (com 10/91)
– modelos de 2,0 l
Ventilado
Diâmetro de um disco:
– o modelo 1,4, 1,6 e cedo 1,8 l
236 mm
– últimos modelos (com 10/91) 1,8 e 2,0 l
256 mm
A surra mais admissível de um disco de freio
0,1 mm
Espessura admissível mínima de um sapato de freio (em conjunto com a base metálica):
– todos os modelos
7,0 mm
Espessura admissível mínima de um disco de freio depois de um reponto (*):
– l os modelos 1,4, 1,6 e 1,8 (com discos contínuos)
10,7 mm
– l os modelos 1,4, 1,6 e 1,8 (com os discos ventilados)
18,0 mm
– modelos de 2,0 l
22,0 mm

* Se o uso de discos conseguiu a espessura admissível mínima, só use de um jogo de sapatos de freio então os discos são sujeitos à substituição permite-se.

Discos de freio posteriores

Datilografe contínuo
Diâmetro (todos os modelos)
260 mm
A surra mais admissível de um disco de freio (todos os modelos)
0,1 mm
Espessura admissível mínima de um sapato de freio (em conjunto com a base metálica):
– todos os modelos
7,0 mm
Espessura admissível mínima de um disco de freio depois de um reponto (todos os modelos) *
8,0 mm
Espessura admissível mínima de uma coberta de um sapato de freio do freio de emergência:
– todos os modelos
1,0 mm

* Se o uso de discos conseguiu a espessura admissível mínima, só use de um jogo de sapatos de freio então os discos são sujeitos à substituição permite-se.

Tambores de freio posteriores

Diâmetro interno de um tambor (todos os modelos)
200 mm
Espessura admissível mínima de uma coberta de um sapato de freio (todos os modelos)
0,5 mm sobre líderes de rebites

Aperto de momentos

Fixação do modulador ABS hidráulico
8 nanômetros
A fixação do sensor ABS instala-se em uma roda
8 nanômetros
Unidade de controle de ABS
1,5 nanômetros
Conexão de tubos do sistema de freios
16 nanômetros
Suporte e uniões de extração por meio de bomba
9 nanômetros
Parafuso de fixação de um disco de freio avançado
4 nanômetros
Mangueira de freio a um suporte de um freio avançado
40 nanômetros
O portador de um suporte de um freio avançado a um punho rotativo
95 nanômetros
Guia de um suporte de um freio avançado
30 nanômetros
Fixação de um suporte de um freio avançado (modelo com discos contínuos)
95 nanômetros
Fixação de um suporte de um freio avançado ao portador de um suporte (modelo com os discos ventilados)
30 nanômetros
Fixação da alavanca do freio de emergência
20 nanômetros
Fixação do cilindro de freio principal
22 nanômetros
Parafuso de fechadura do cilindro de freio principal (ATF)
6 nanômetros
A válvula de ajuste de pressão ao cilindro de freio principal:
– Tipo de ATF
12 nanômetros
– Tipo de GMF
40 nanômetros
Conselho de freio / prendedor de uma nave de uma roda traseira:
– a etapa 1
50 nanômetros
– a etapa 2
Apertar em uma esquina 30 °
– a etapa 3
Apertar em uma esquina 15 °
Parafuso de fixação de um disco de freio traseiro
8 nanômetros
Fixação de um suporte de um freio de disco traseiro
80 nanômetros
Parafuso de fixação do tambor de freio traseiro
4 nanômetros
Fixação do cilindro de freio de trabalho de uma roda traseira
9 nanômetros
Fixação de um braço do ampliador de vácuo de freios a uma partição de um compartimento motor
22 nanômetros
Fixação do ampliador de vácuo de freios a um braço
20 nanômetros

Na home page